quinta-feira, 27 de janeiro de 2022

NÃO LUTE CONTRA AS CIRCUNSTÂNCIAS QUE NÃO SÃO PROVOCADAS POR VOCÊ



                  Muitas vezes é inevitável perder a paciência e se encharcar de lamentações e revoltas diante de um dia onde algumas coisas já começam dando errado. É fácil ser tomado por um ataque de cólera perante situações em que você fez um monte de tentativas para determinadas coisas acontecerem e nada deu certo. Muitas vezes não é nada difícil irritar-se frente a alguns acontecimentos contrários a sua vontade, e agir por impulso, terminando fazendo ou falando algo que não deveria, podendo até se confrontar ou magoar alguém. Porém, perante esses contextos em que o andar de algumas coisas não dependem de você, e os resultados negativos fogem do seu controle, não adianta estragar o seu dia e desperdiçar tempo esbravejando com lamentações, raiva, impaciência e pessimismo. Portanto, compreenda e aceite que há dias e momentos em que algumas coisas vão ficar erradas por mais que você tente fazê-las certas. E sendo assim, para evitar atritos, destemperos, e ficar em paz e tranquilo consigo mesmo, controle o seu gênio diante daquilo que não ocorrer conforme você quer.

A palavra para hoje é TOLERÂNCIA.

(Mariana Helena de Jesus)

quarta-feira, 26 de janeiro de 2022

SERÁ QUE DEUS NÃO TEM TE OUVIDO?



              Quantas vezes você já se sentiu sozinho mediante as suas lutas pessoais? Quantas vezes você já se perguntou por que tanta coisa não dá certo para você? Quantas vezes você se cansou e pensou em desistir do caminho que não te leva para onde você quer ir? Quantas vezes você se questionou sobre o que tem de errado com você ou com a sua vida para que tudo seja tão difícil de ser alcançado? Acredite, você não é o único a se indagar sobre tantas coisas. Você não é o único enfrentando desafios, quebrando a cara, e buscando respostas. E quer saber, você não é o único que muitas vezes acha que Deus não tem lhe escutado. É comum do ser humano a ideia de sentir-se sozinho, desamparado, injustiçado, e enfraquecido diante dos momentos desafiadores e tempestivos. E todo mundo em algum momento já se inquietou com o silêncio de Deus e a falta de respostas dele perante uma situação em que se precisava muito de uma resolução. É natural do ser humano facilmente se fragilizar mediante o tempo das esperas, do sofrimento e das adversidades. Porém, deixe eu te dizer uma coisa: Deus não se omite, ele não se esconde, e não deixa de ouvir sequer qualquer palavra dirigida a ele. Deus não deixa de responder nunca! E até o silêncio dele é resposta. Portanto, procure entender que muitas fases e coisas que são difíceis para você, são difíceis para outras pessoas também. Mas, ninguém fica uma vida inteira sem resolução ou sem um sinal divino. A questão é ter paciência e ser resiliente para suportar a fase das dificuldades e da ausência de respostas. Ademais, no tempo certo Deus responderá todos os teus questionamentos, e suprirá as tuas necessidades e anseios conforme o que for para ser teu.


A palavra para hoje é CONFIE!


(Mariana Helena de Jesus)


terça-feira, 25 de janeiro de 2022

MUITOS RESULTADOS E CIRCUNSTÂNCIAS VÃO DEPENDER APENAS DE VOCÊ



              É natural sentir medo diante de um contexto em que você precisa tomar uma decisão. É compreensível a insegurança e a falta de coragem quando você precisa deixar a sua zona de conforto e arriscar-se para dar um passo além. É desconfortável e preocupante a possibilidade de mudar algo em que você não tem a garantia de que vai dar certo ou não. E é quase impossível prevê se todas as situações resultantes dos seus atos vão ficar sob o seu controle. Em virtude desses contextos e possibilidades, você poderá muitas vezes se anular perante cenários que precisarão da sua atuação, da sua decisão, da sua opinião. No entanto, embora você almeje a quebra da rotina de seus dias e  mudanças em sua vida, o seu medo ou insegurança de enfrentar o novo, o desconhecido, ou algo que você já conhece, poderá lhe fazer desistir de coisas que realmente poderiam ser positivas e construtivas a você e a sua história. Por isso, lembre-se que muitos resultados e mudanças em sua vida só vão chegar até você através de você mesmo, dependendo unicamente de suas decisões.

A palavra para hoje é ESCOLHAS.

(Mariana Helena de Jesus)

segunda-feira, 24 de janeiro de 2022

TRANQUILIZAR AS EMOÇÕES ENQUANTO AS RESPOSTAS E RESULTADOS NÃO CHEGAM

 


                Muitas vezes ficamos inquietos, impacientes e aflitos, por causa da demora diante de certos projetos e objetivos que não se concluíram ou que ainda nem se iniciaram. É sufocante por vezes a angústia da expectativa sobre resultados que ainda não chegaram, e que deles dependem os nossos próximos passos ou as novas direções para nossa vida. Difícil é depender de algo que independe da gente para acontecer, e que infelizmente nos limita a única opção que é a de ficarmos apenas aguardando, sem nada mais poder ser feito. E essa condição de espera, esses momentos de expectativas, essa ausência de resultados e a demora das respostas que ansiosamente desejamos, fragilizam nossas emoções e sabotam nossos pensamentos otimistas,  deixando as situações que estão indefinidas ainda mais pesadas e angustiantes. Porém, não devemos ficar a mercê dessas esperas com o coração e os pensamentos encharcados de nervosismo, ansiedade e impaciência. Estejamos conscientes sobre o tempo de maturação para cada semente que plantamos e para cada ação que já executamos. Por isso, se for necessário esperarmos por algo um pouco mais, esperemos. Se for preciso refazermos nossas investidas mais uma vez, refaçamos. Mas, sejam quais forem as etapas que estejamos vivenciando antes da chegada das respostas ou dos resultados se concretizarem, passemos por esses processos com nossas emoções em equilíbrio, tranquilas, o pensamento sereno e o  coração em paz. 




A palavra para hoje é CALMA.



(Mariana Helena de Jesus)

sexta-feira, 21 de janeiro de 2022

NÃO NOS DEIXEMOS PARALIZAR PELAS DÚVIDAS DA INDECISÃO



                               Alguns caminhos se tornam mais longos, algumas trilhas se apresentam mais difíceis, alguns resultados se mostram mais distantes, e alguns de nossos desejos e intenções se transformam em vontades reprimidas. E tudo isso é ocasionado pelo medo da decisão, pela incerteza de dar um passo além, e quando ficamos contaminados pela influência negativa das dúvidas que nos amedrontam ou nos paralisam mediante a oportunidade das escolhas. Por vezes desejamos tantas coisas, aguardamos tantas oportunidades e resultados, esperamos por tantas mudanças, e focamos tanto o pensamento positivo na possibilidade de que algo novo surja. Contudo, diante de alguns esforços que precisamos realizar, perante algumas renúncias que precisamos fazer, frente a mudanças que necessitamos realizar, e mediante a uma certa audácia que devemos ter, podemos nos deixar preencher de incertezas e pessimismo,  preferindo permanecermos em nossa zona de conforto, para não termos que darmos um passo por onde ainda não pisamos antes, ou já imaginando um resultado negativo com as escolhas que fizermos. De fato, pisar em terreno desconhecido é assustador, apostar no que não se tem certeza por vezes pode parecer imaturo, se lançar em uma manobra nunca feita antes pode nos paralisar de medo, falar sobre algo que está sufocando e preso pode magoar ou distanciar alguém, encerrar um ciclo para iniciar outro percurso nos permeia de insegurança, e se arriscar repentinamente por uma vontade contida pode parecer atrevido demais diante de certos contextos. Mas, jamais vamos sair de onde estamos se não ousarmos dar um passo à frente. Jamais vamos saber como seria se não  ignorarmos o pensamento sobre "e se não der certo?" Não haverá jamais colheita sem plantação, e não há plantação sem o esforço e a decisão de semear as sementes. Muitos resultados novos em nossa vida vai depender exclusivamente do nosso posicionamento firme e decisivo, e vai também nos exigir sacrifícios, renúncias, audácia, atrevimento, ambição, nos levando a correr riscos, e nos possibilitando os fracassos, as escolhas erradas, o passo incerto.  Embora, esse seja um risco que todos nós corremos, até mesmo quando decidimos nada fazer e ficamos parado no caminho, porque a vida é diariamente constituída de decisões e escolhas. Só subirá ao pódio quem se atrever fazer o percurso dos obstáculos.

                                                 A palavra para hoje é CORAGEM.

(Mariana Helena de Jesus)